A.C.C. CAMPEÃO E RECORDISTA NACIONAL DE SALA EM VETERANOS COMPOUND JOSÉ MANUEL SANTOS FOI TRICAMPEÃO

Mar 05, ’20

Ficou concluído no passado domingo, 1 de março com a realização da Final Round no Pavilhão da Escola Secundária de Caneças, o Campeonato Nacional de Sala de Tiro com Arco da Federação Portuguesa de Tiro com Arco, onde o Arco Clube das Caldas participou com 19 arqueiros na totalidade das provas do Campeonato num total de 95 participações, deslocando-se a todas as provas de norte a sul do país num esforço físico e financeiro considerável, permitindo que os arqueiros caldenses tentassem atingir os melhores resultados desportivos. Nas categorias infantis na Divisão Recurvo, Madalena Marques classificou-se na 12ª posição e Diogo Ferreira na 15ª posição (dos 9 aos 11 anos); Adriana Medalha ficou na 12ª posição em Juvenis (dos 12 aos 14 anos) Gabrielle Marques, não conseguiu realizar o número de provas para classificar. Na Divisão Recurvo, o Cadete Homem Francisco Borga, entrou na 2ª posição na Final Round e saiu com a medalha de prata depois de ter vencido nas meias-finais Tiago Figueiredo do GCV e ter perdido o confronto para o título de Campeão Nacional com Duarte Cattoni do SCP. Carla Fróis em Senhoras ficou em 9º num total de 18 concorrentes. Ainda na Divisão Recurvo, num total de 49 concorrentes os Homens Márcio Vitorino colocou-se no 12º lugar, Vitor Félix no 24º, Neal Marques 25º, Pedro Beato 31º e Liviu Enache em 41º. Por equipas o ACC classificou-se na 5ªposição. Na Divisão Compound marcaram presença 2 Seniores Marco Ferreira 33º lugar e Robert Filipe que não classificou por afazeres profissionais que o obrigaram a sair por largo período de tempo do país. Isabel Ferreira em Veteranos Senhoras sagrou-se Campeã Nacional; em Homens José Santos que entrou na 2ª posição venceu todos os confrontos sagrando-se Campeão Nacional; Artur Patriarca que entrara na 3ª posição acabou por perder no shot-off com o seu colega de clube António Alves, concluindo o campeonato na 4ª posição, não tendo subido ao pódio; António Alves, um iniciado na modalidade, depois de uma grande luta nas últimas provas consegue entrar na Final Round na 4ª posição e sair medalhado na 3ª posição, é de realçar que este atleta empatou a meia final com o seu opositor Eduardo Santos do clube de Odivelas tendo perdido o confronto por poucos milímetros; João Gomes terminou na 10ª posição e José Ribeiro na 11ª.

A equipa mista de Veteranos Compound composta por Isabel Ferreira e José Santos sagrou-se Campeã Nacional e a Equipa de Homens Veteranos Compound composta por José Santos, Artur Patriarca e António Alves também se sagrou Campeã Nacional derrotando o Real Sport Clube por 218/214 e estabelecendo um novo recorde nacional que estava nos 215 pontos.

Paradigma da dedicação à modalidade José Manuel Santos, fundador e sócio nº 1 do Arco Clube das Caldas com a linda idade de 77 anos, arqueiro mais idoso em competição em Portugal, venceu tudo o que havia para vencer, foi Campeão Nacional individual, por Equipas Mistas e por Equipas. O seu direto adversário tem menos 28 anos e só um querer do tamanho do mundo e um grande espírito de sofrimento permitiu este feito. O “Zé” como muitos o tratam é um exemplo e uma inspiração para todos.

Um balanço muito positivo neste final da época de Sala com 2 títulos de Campeão Nacional Individual, 1 medalha de prata e 1 de bronze e por equipas dois títulos de Campeão Nacional. Além dos lugares de pódio, os arqueiros do Arco Clube melhoraram os seus recordes pessoais e posicionaram-se muito bem no seu conjunto a nível nacional, estando todos de parabéns.

Quem tiver curiosidade em nos conhecer melhor, as nossas instalações desportivas situam-se em S. Cristóvão junto do CENFIM a funcionar todos os dias úteis das 18:00 às 20:30 e aos sábados das 11:30 às 13:00 ou então através da nossa página em www.arcoclubecaldas.pt.

© Copyright ACC 2019