Regras de acesso as competições

REGRAS DE ACESSO AOS QUADROS COMPETITIVOS

Época de 2019/2020

Regras de admissão ao Grupo de Competição – direitos e deveres

Secção de Tiro com Arco – Quadro Competitivo da FPTA

Deveres

  • Regularidade nos treinos (frequência no mínimo de 2 treinos por semana);
  • Inscrição no Portal do clube do nº de flechas e pontuações de todos os treinos;
  • Inscrição no Portal do clube das provas que pretende participar (até sexta-feira da semana anterior à data da prova);
  • Mínimos obtidos uma vez nas provas de acesso;
  • Ter a licença de competição e exame médico em dia;
  • Ter a Inscrição paga;
  • Possuir o vestuário oficial para as competições;
  • Classificar num dos Campeonatos (Sala ou Campo). Se o não fizer terá

Direitos

  • Inscrição nas provas, pagas pelo clube (categorias infantis: Flechas, Robins e Juvenis) 4 provas em Sala e 4 provas em Campo; categorias não infantis (Cadetes, Juniores, Seniores e Veteranos) 5 provas em Sala e 5 provas em Campo.

Prova de acesso: 10 x 3 flechas atiradas à distância e com alvo regulamentar para a categoria, a realizar nas instalações desportivas do clube aos sábados com início pelas 09:00 horas, por proposta do treinador responsável ou a pedido do interessado.

Mínimos: Os mínimos são encontrados da seguinte forma: 60% da pontuação máxima ( 60% x 300 pontos = 180 pontos)

Outros

  1. Durante a época de Sala é obrigatório atingir pelo menos uma vez os mínimos (180 pontos por volta ou 360 pontos no total do Open);
  2. Quem não cumprir esta obrigação, sai do Grupo de Competição não realizando a época de Campo;
  3. Para voltar a integrar o G.C. terá de realizar uma prova de qualificação em campo;
  4. Quem não conseguir cumprir os objetivos, poderá participar nas provas a custas próprias;
  5. A não classificação em pelo menos um Campeonato obriga ao pagamento das inscrições ressarcindo o clube da despesa realizada.

Prova de qualificação: 6 x 6 flechas (com as mesmas condições exigidas em competição) e obter o mínimo de 60% da pontuação máxima 360 pontos ou seja 216 pontos)

Nota: os mínimos da prova de qualificação deverão servir de orientação no Quadro Competitivo de Campo.

Secção de Tiro com Arco e Besta – Quadro Competitivo da FABP

Regras de admissão ao Grupo de Competição – direitos e deveres

Deveres

  • Regularidade nos treinos (frequência no mínimo de 1 treino por semana);
  • Frequência com aproveitamento dos módulos de formação;
  • Inscrição no Portal do clube do nº de flechas e pontuações de todos os treinos;
  • Inscrição no Portal do clube das provas que pretende participar (até segunda-feira da semana da data da prova), além da inscrição no Portal da FABP;
  • Ter a licença de competição e exame médico em dia;
  • Ter a Inscrição paga;
  • Possuir o vestuário oficial para as competições;
  • Classificar num dos Campeonatos (Sala, Campo, Caça, Rota dos Castelos e Besta).

Direitos

  • Inscrição nas provas, pagas pelo clube: 5 provas em dois Campeonatos à escolha.

Nota: A não classificação em pelo menos um Campeonato obriga ao pagamento das inscrições, ressarcindo o clube da despesa realizada.

Secção de Tiro Desportivo com pistola ou carabina – competições da FPT

Regras de admissão ao Grupo de Competição – direitos e deveres

Deveres

  • Regularidade nos treinos (frequência no mínimo de 1 treino por semana;
  • Frequência com aproveitamento do exame de admissão;
  • Ter a licença de competição e exame médico em dia;
  • Ter a Inscrição paga;
  • Possuir vestuário para competição;
  • Classificar num dos Campeonatos (dos dois à escolha).

Direitos

  • Inscrição nas provas, pagas pelo clube: 5 provas em dois Campeonatos à escolha.

Notas:

  1. A não classificação em pelo menos um Campeonato obriga ao pagamento das inscrições, ressarcindo o clube da despesa realizada;
  2. Todas as inscrições em prova além das estipuladas (2 campeonatos x 5 provas) terão de ser pagas pelo atleta, à posteriori ao clube.
Escrito por nmarques em Quinta Outubro 15, 2015
Link permanente - Seção: clube

« REGULAMENTO GERAL DO ARCO CLUBE DAS CALDAS - Prémio 252 »